terça-feira, 29 de junho de 2010

Acabou.

Estamos fora do Mundial... frente ao nosso inimigo histórico, Espanha.

Mais uma que dá que pensar...

Esta notícia copiei-a na integra do blog http://bombeirospontopt.blogspot.com/. Perdoem-me a ousadia, mas não há mais nada a acrescentar ao que já foi dito na notícia.

terça-feira, 29 de Junho de 2010

Despiste de tractor fere menina de três anos:


Uma menina de três anos, que viajava sentada em cima do tanque-cisterna de um tractor, acompanhada de dois familiares, de 30 anos, ficou ferida ao ser projectada para um terreno agricola, em consequência do despiste do veículo.


O aparatoso acidente ocorreu no sábado à tarde, em Matosos, freguesia de Pelariga e concelho de Pombal. O tractor entrou em despiste e o tanque-cisterna que seguia atrelado tombou, caindo em cima dos adultos, dois homens, que sofreram vários traumatismos.


A menina também se desequilibrou, mas foi projectada para um terreno agrícola, não sendo atingida pelo tanque-cisterna, que transportava água destinada à rega.


A criança e os dois familiares, que sofreram ferimentos ligeiros, foram assistidos no local por uma equipa médica do INEM e transportados pelos Bombeiros Voluntários de Pombal para o Hospital de Santo André, em Leiria.


Uma avó da menina entrou ao pânico, ao ver o acidente, e foi também assistida, mas não necessitou de ser transportada ao hospital.


Mas será possível? Esta gente está toda parva? O que é que a criança ia a fazer no tractor, ou pior ainda, num tanque-cisterna, que serve para rega? É maquinaria pesada de trabalho! Não um carro de passeio para a família! Ninguém explicou isso ao senhor que ia a conduzir a dita máquina? Não o ensinaram o que é segurança? E se a criança morresse? Ai coitadinho do papá perdeu a menina... blá-blá-blá... e depois vinha a chorar num programa de televisão... mas e agora, irá ser castigado pela atitude que teve? Acidentes acontecem sim, mas às vezes, somos nós que os provocamos e facilitamos para que aconteçam! Esta é uma dessas situações.

domingo, 27 de junho de 2010

É tão bom...

... quando encontro uma menina, ou um menino, que foram "meus" numa das minhas salas como Educadora. Hoje vi a P. que já está enoooooorme! Já nem me conhecia e, reconheço, nem eu se a mãe não me tivesse vindo falar.
É muito bom porque quando os pais nos chamam e nos abordam é porque de alguma forma positiva se recordam de nós. Mesmo quando nós saímos já desse colégio e a menina em causa também está noutro, o reconhecimento acontece e faz-nos sentir que de alguma forma somos importantes.
É nestes momentos em que recordo os "meus" meninos, que sinto muitas saudades desses tempos - das partes boas, das conquistas, das manhãs no tapete cheias de beijos, cantigas e energia - e me dá vontade de regressar ao activo.
Mas agora não dá. Ninguém me iria dar trabalho e eu também estou satisfeita com o meu trabalho e com todo o apoio que me têm dado, apoio esse que nunca me esquecerei de forma nenhuma.

Curiosidades do Mundo:

"Criança fuma cigarros"

Ardi Rizol é um menino de apenas 2 anos e já fuma cerca de 40 cigarros por dia. Chocante?
Com toda a certeza, nefasto, irreal mas tão real afinal de contas. E quem instituiu este hábito? O seu pai. Num país onde a fome prevalece, "comer" cigarros pode bem ser uma opção à fome e à miséria, mas não cabe na minha cabeça culturalmente diferente este hábito, independentemente de qualquer justificação que para ele encontrem. Desumano, simplesmente.

P.S.: depois coloco a fonte, porque agora não tenho aqui a edição de onde retirei a notícia.

sábado, 26 de junho de 2010

Em jeito de avaliação...

Olá, este ano logo no início prestei-me a elaborar uma lista de alguns temas que eu gostava de postar aqui no Blog. Como já devem ter reparado foi sol de pouca dura, porque tenho vindo a colocar aqui tantos outros temas, mas sem me maçar em seguir as linhas que eu mesma criei. Se isso é mau? Penso que não, só espero que quem me segue não fique desiludido comigo.

Bem mas vamos lá ver aqui mais de perto onde páram as minhas postagens, nos temas que me propús tratar e quais as que ainda estão em falta:

Mês 1:

Disciplina:
"A criança e a disciplina" - 5 de Janeiro de 2010;
"Armas nas escolas" - 13 de Janeiro de 2010;
"Os anos passam" - 7 de Fevereiro de 2010;
"Ser Criança" - 21 de Março de 2010 - reflexão acerca do comportamento da criança e da sua relação com o adulto/educador;

Legislação Importante:
"A nossa carreira... (docente) - 10 de Janeiro de 2010;

Família:
"O primeiro ano de vida - O nascimento" - artigo acerca da chegada de um novo membro à Família e das implicações que isso traz/pode trazer.
"A chegada de um irmão" - continuação do artigo anterior, mas focado em especial para as implicações da chegada de um irmão.
"Bebés de onde chegam?" - a curiosidade dos mais novos acerca do mistério que sempre é a chegada de um novo membro à família. - 16 de Janeiro de 2010;
"A chegada de um irmão - parte 2" - 17 de Janeiro de 2010;

Mês 2:

Carnaval:
"Carnaval de Sesimbra" - 8 de Fevereiro de 2010;
"Carnavalando" - 11 de Fevereiro de 2010;
"Sesimbra a sambar" - 17 de Fevereiro de 2010;

Piaget:
"Jean Piaget" e "O Cognitivismo" - 25 de Fevereiro de 2010;

Faz-de-conta em contexto de Creche e Desenvolvimento Infantil 1º ano:
- temas ainda em falta...

Mês 3:

Primavera, Faz-de-conta em JI e Desenvolvimento Infantil 2º ano:
- temas em falta...

Brazelton:
"A criança e a disciplina" - tema tratado em Janeiro e que toca nas opiniões de Brazelton;

Mês 4:

Vacinação:
- tema em falta...

Relação escola-família:
"Fala-se em violência" e "Tipos de Bullying" - 10 de Março de 2010, porque a relação entre o meio escolar/educativo e a família deveria servir em primeiro lugar para evitar este tipo de situações nas escolas;
"A de Autismo" - 19 de Março de 2010 - A família como elo importante na discussão e adequação de políticas educativas fulcrais ao desenvolvimento de crianças com NEE;

Desenvolvimento infantil 3º ano:
- tema a não esquecer...

Mês 5:
 
Saúde Infantil:
"1 milhão de Portugueses com diabetes" - 14 de Janeiro de 2010 - foi um pouco adiantado, mas aproveitei ter sido um tema tratado na Televisão;
"Benefícios da amamentação" - 25 de Maio de 2010;
"Higiene Oral" - 28 de Maio de 2010;

Aquisição da Marcha e High Scope:
- temas ainda a abordar logo que possível;


Mês 6:

Hábitos alimentares:
"Alimentação saudável" - 17 de Fevereiro de 2010 - pode parecer um pouco adiantado, mas não será este um tema sempre transversal e sempre importante?

Expressão musical:
- tema a tratar ainda neste blogue.


Outros temas também abordados até agora:

- Notícias diversas do país e do Mundo;
- Gravidez;
- Outros...

O importante é mesmo receber as vossas visitas e os vossos comentários pois só assim este trabalho faz algum sentido para mim.
Bem, parece que ainda tenho muitos temas para abordar e outros que foram surgindo um pouco fora do contexto inicial, mas do meu ponto de vista sempre actuais.


Elsa Filipe 


Alimentação saudável - parte 2

Já aqui escrevi um pouco acerca de algumas vitaminas importantes, principalmente na gravidez. Hoje, vou falar em alguns cuidados a ter na preparação dos alimentos.

Existe um grande número de doenças provocadas por microorganismos (bactérias, vírus e fungos) presentes nos alimentos. As infecções transmitidas pelos alimentos podem ser graves e por isso é importante adoptar alguns cuidados básicos a fim de reduzir o risco de contraí-las.

Cuidados a ter:

- Os vegetais crus e a fruta com casca devem ser lavados em água corrente e desinfectados - eu costumo usar umas gotas de limão ou de vinagre, quando estou a lavar a fruta (morangos, uvas, alperces...) e descansem que não deixa sabor na comida.

- Não consuma leite e queijos não pasteurizados;

- As carnes, os ovos, os peixes e os mariscos devem ser bem cozinhados - sim, isso é fácil porque também detesto carne ou peixe mal-passados, acho horrível.

- Evite o contacto dos alimentos crus com os cozinhados;

- Arrume no frigorífico os alimentos cozinhados numa prateleira diferente dos alimentos crus;

- Não coma refeições preparadas com ovos crus (maionese caseira, bacalhau à brás, mousse caseira).

- Cozinhe os ovos até que a gema e a clara estejam sólidas e rejeite os ovos que apresentarem rachas na casca;

- Lave sempre as mãos, com sabão, antes e depois de preparar os alimentos;

- Lave bem os utensílios de cozinha, após cada utilização;

- Mantenha a cozinha com as bancadas de trabalho limpas e desinfectadas;

- Nunca volte a congelar um alimento ou comida que já foi descongelado uma vez;

- Aqueça a comida uma única vez depois de cozinhada. Deite fora as sobras que já foram aquecidas.

Estes são apenas alguns simples conselhos, que penso que a maioria de nós até já segue no dia a dia, mas nunca é demais relembrar que as coisas mais simples são as que melhor nos ajudam a cuidar de nós.


Fonte: NUNES, Ana e APARECIDO, Carla, "Cuidados a ter com os alimentos e a sua preparação", Unidade de Cuidados de Saúde personalizados do Seixal, C.S.Seixal;

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Fim da boa vida

Ou melhor, fim de férias. Não que tenham sido assim um período inesquecível, mas deu para descansar um pouco da rotina e tentar organizar - ou desorganizar ainda mais - as ideias.
Resolvi tirar férias já no início do Verão porque lá mais para o fim penso que vai ser mais difícil gozar a vida e aproveitar o sol e o descanso... recomeço a trabalhar amanhã, mas com a ideia de que ficou tanta coisa para fazer! Será sempre assim?

Bem, mas a verdade é que já estou com saudades do meu pessoal, da azáfama do quartel... amanhã estarei de volta. Sexta-feira, para depois voltar a ir de fim-de-semana, trabalhar na segunda... e ir de feriado. Assim, começo devagarinho e não me canso tanto, eheheh.

E de resto também deu para organizar outras coisas, como foi a preparação de acções de formação. Tenho o CAP, mas tem sido difícil arranjar colocação. Não sei se estou a procurar da forma certa, mas estou disponível para dar formação em diversas áreas. As experiências que já tive fizeram-me mesmo adorar esta vertente e adorava seguir um caminho novo por aí. É sempre uma hipótese e, como a economia anda, temos de nos agarrar a tudo. Não é?

E também resolvi aderir ao convite da Sónia, do "cocó na fralda"... estou curiosa para saber o que vai sair dali.

sábado, 19 de junho de 2010

Fico desesperada ao ler um Jornal...

... mas será que as notícias são todas negras, ou é o meu olhar que só foca nas piores?

Na p. 20 - sim, porque importante mesmo em Portugal é o Mundial - do Correio da Manhã de hoje está a notícia de uma menina de 2 anos que foi violada em sua casa. No cabeçalho lê-se logo: " Padrasto não consegui penetrar bebé e provocou-lhe lesões graves."
Fez-se um silêncio negro na minha cabeça, seguido de uma revolta imensa. Sim, continuem a mostrar estas notícias ao mundo, senhores jornalistas, porque é importante que nos caia mal, que nos faça pensar no que se passa no nosso país e no limite em que vivem muitas das nossas crianças.
Revolta, nojo, repugnância, é o que eu sinto.
Como é que é possível alguém sentir algum prazer com uma criança, tão pequenina e que, ainda por cima, é quase da "família"?

Na p. 24 do mesmo jornal - e, olhos postos no Mundial, porque isso sim, tem direito a quase 20 páginas, sem falar da secção desportiva - a notícia de um professor que exibe o pénis a duas crianças numa rua do Bairro dos Arneiros, nas Caldas da Rainha. O homem já tinha sido condenado a uma multa por comportamentos semelhantes. Uma Multa? Será que li bem? Se eu estacionar em segunda fila, pago uma multa, se for um exibicionista, também? Ai, que isto me parece mesmo muito errado, mas enfim, são as injustiças do nosso país, onde nem os pedófilos são devidamente condenados e onde continuam a viver lado com crianças, a ensinar, a participar em campos de férias, ou a passear no parque público livremente, sem ninguém a controlá-los.

Nem me perguntem o que faria a estes indivíduos!

terça-feira, 15 de junho de 2010

Acidentes com crianças - Os cães e as crianças

Mais uma vez temos a lamentar um novo acidente envolvendo uma criança e um cão de uma raça muitas vezes chamada perigosa.

Rottweiler ataca menina de 2 anos:

O acidente ocorreu no lugar de Visalto, em Vilela, Paredes. O bebé sofreu ferimentos graves na face tendo sido transferido para o Hospital de S.João no Porto, uma vez que no Hospital Padre Américo em Penafiel, para onde a criança fora imediatamente conduzida por uma equipa da Cruz Vermelha de Vilela, não existe a especialidade de Cirurgia Plástica. Ao que parece o animal nem nunca tinha tido comportamentos violentos mas algo despoletou a violência e o ataque à criança.

Outros casos nos Media:

Em Maio deste ano, foi uma menina de 13 meses, em Guimarães que foi gravemente ferida por um cão Rottweiller, tal como noticiou o "Correio da Manhã" em 21 de Maio, agora o mesmo jornal diário dá-nos conta de mais um caso.

Na 1ª situação, após o ataque do cão, a menina teve de ser transportada para o Hospital de Guimarães, de onde foi transferida para o de São João no Porto, onde foi submetida a uma operação de cirurgia plástica.
Segundo fonte da GNR, citada pela agência Lusa, o animal que se soltou, quinta-feira numa casa da freguesia de Serzedelo, no concelho de Guimarães, atacou ainda a avó e uma outra mulher, que estavam com a criança mas apenas lhes causou ferimentos ligeiros.
O cão, à guarda da família, atirou-se à criança, que se encontrava num carrinho de bebé, causando-lhe ferimentos graves na cabeça e face.

O jornal "Expresso" de 6 de Novembro de 2008, (http://aeiou.expresso.pt/crianca-operada-de-urgencia-apos-ataque-de-cao=f446354) dáva-nos conta de mais um caso:

Marcas na cara, braços, pernas e órgãos genitais. O rapaz de quatro anos, que ontem foi atacado ao chegar a casa do namorado da mãe, ainda está internado no Hospital Central de Faro. "A criança está no internamento de pediatria, está estável do ponto de vista hemodinâmico e está a recuperar bem", assegura ao Expresso fonte hospitalar.
A criança deu entrada no Hospital ontem à noite, com ferimentos múltiplos, após ter sido violentamente mordida por um Rotweiller, do namorado da mãe, que também foi mordida quando tentou ajudar o filho. A mãe ficou, no entanto, apenas com ferimentos ligeiros nas mãos.


"Se eu tivesse conhecimento de agressões graves, já o tinha mandado abater há muito tempo", afirma António Martins, o proprietário formal do cão, ainda que o animal se encontrasse a viver em casa do filho, Hugo, que não quis prestar declarações.


Hugo foi aliás também ele apanhado de surpresa com a reacção do animal, ontem à noite, à chegada da sua namorada e da criança, perto das nove da noite. O cão terá atacado o rapaz, que já conhecia, sem motivo aparente, a não ser talvez o ciúme: "O cão é ciumento, ele é muito protector ao dono", afiança António Martins, enquanto mostra aos jornalistas as vacinas e o seguro do animal.


Aqui, o que mais me revolta é isto que se lê nesta notícia de seguida:

"Ele até lhe lavava os dentes"
Shakur, assim se chama o Rotweiller, é um macho de 5 anos, criado desde pequeno em casa de Hugo, que gosta bastante de cães e tem mais dois pastores alemães. "Ele dormia com ele na cama e até arranjou uma espécie de umas luvas, com uma pasta especial para lhe lavar os dentes", garante António Martins.
Aparte algumas queixas de vizinhos, devido aos problemas de toxicodependência do filho - "Disseram-me que ele andava aí na rua a cair, com o cão, mas eu acho que é porque tinham medo" - António diz desconhecer qualquer problema com o animal. "Só quando se metiam com ele, às vezes alguns amigos do Hugo, mas isso é normal", refere.

Bem, eu nem quero comentar isto, deixo isso para os entendidos na matéria... enfim...


Mas, afinal porquê as crianças?
 
Porque as crianças, na sua maioria, adoram cães e não os receiam, independentemente do porte do animal, aproximando-se dele sem qualquer precaução. O animal sente-se muitas vezes desrespeitado no seu espaço e sente a criança como uma ameaça, atacando-a.
Por outro lado, o animal sente o seu território como invadido e tenta da forma que sabe, seguindo os seus instintos, recuperá-lo, o que se torna muito complicado quando o animal não tem regras ou é estimulado para ser agressivo.
 
Raças perigosas?
 
Provavelmente um Caniche pode ser bem mais nervoso e atacar mais vezes do que um Pit Bull ou um RotWeiller, mas aqui o que está em causa é o tamanho e a força do animal. Uma criança, mais facilmente dominaria um cão de pequeno porte e as lesões seriam bem menos graves, mas no caso de cães maiores, o domínio do animal torna-se quase impossível.
 
Por outro lado, os cães que atacam crianças, são muitas vezes animais que nunca foram socializados. Não reconhecem a criança como um "filhote", que têm de respeitar como respeitam o dono, mas sim como um "humano estranho". Assim, é muito importante que quando se procura socializar um cão, a Família toda participe nesta acção como um todo e não apenas o "dono" do animal, uma vez que assim todos beneficiam com o processo. Desta forma, diminuir-se-iam provavelmente os casos de ataque a crianças.
 
Não é, por isso, unicamente a raça do animal que determina se ele será perigoso, mas também outros factores:
- a forma como o animal foi educado;
- a sua inserção na família;
- o espaço do animal;
- o respeito que têm para com ele;
- a sua relação com cada um dos membros da família.


Alguns sítios a visitar:

http://grandesamigospetshopsalvador.wordpress.com/

- neste site podemos encontrar diversa informação sobre as várias raças de cães, quais as mais indicadas para ter em casa, as melhores para conviver com crianças e quais os cuidados a ter.

http://www.dogtimes.com.br/caesecriancas2.htm

- aqui podemos ler alguns artigos sobre cães e crianças, em especial sobre a forma como ambos podem conviver e que cuidados devem ser mantidos.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Mais uma semaninha

E já passou mais uma semaninha! Parece que o tempo está a passar demasiado depressa, nem dou conta do tempo... Em casa tenho estado sem pc por isso não tenho publicado tantas vezes.

Para a semana já estou de férias! Férias no Verão! Eh eh! Vamos ver se vai dar para uns passeios e umas idas à praia!