quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Não queremos heróis.

Não queremos heróis que perecem nas chamas que não são deles. Não queremos mais mortes de homens e mulheres que lutam pela vossa terra, pelas vossas florestas, pelas vossas casas e animais. Não queremos que mais ninguém dê a vida!
Esperemos que os detidos por fogo posto sejam devidamente punidos. Se não quiserem ter trabalho com eles, entreguem-nos aí numa BAL ou junto de uma GRIF que de certeza haverá alguém com disponibilidade para fazer essa tarefa. Espero que depois não os perdoem porque são alcoólicos, porque têm problemas psiquiátricos, ou porque estavam deprimidos.
É revoltante saber que este inferno ainda não tem fim à vista e que hoje ceifou mais uma vida. Quem vai ser culpabilizado por esta perda e pelos feridos que ainda sofrem e que ficarão com lesões?

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Terceiro ano

Faltam poucos dias, para terminar este terceiro ano da minha viagem como mãe.
E o que foi acontecendo? Tanta coisa!
O meu filho agora diz-me "eu não sou bebé, sou menino" e isso já diz muito da sua personalidade. É um doce de criança. Vejo-o sempre com muito orgulho. Olho para ele, sempre babada, pois sei que tem superado muitas das minhas expetativas. Acredito nele todos os dias! Amo-o muito e por ele faria qualquer coisa. Foi amor à primeira vista, sem dúvida, mas esse amor foi crescendo a cada dia que passamos juntos e, construindo-se nos momentos partilhados e nas ausências que fazem doer o coração!
Ele acompanha-me muitas vezes nas minhas atividades, seja em dias de animação, seja em reuniões e formações nos bombeiros quando não tenho com quem o deixar. Cresceu muito com isso e, apesar de ele até se comportar bem - tendo em conta a idade - sei que esse fato o tem prejudicado um pouco, pois é obrigado a estar quieto, a não ter esse tempo para as suas brincadeiras. Por outro lado, tem-me seguido um pouco para todo o lado e sei que isso lhe criará boas memórias de infância. O pouco que ele se recordar de mim, - pois nesta fase, as memórias vão-se perdendo rapidamente - será certamente bom. Pelo menos assim é o meu desejo. É por isso que as fotos e os registos escritos são tão importantes nesta idade. Porque o nosso cérebro se esquece destas coisas... e um dia ele não se vai lembrar de como foi passar a tarde a fazer molduras com a mãe no Fórum Montijo, nem da vez que foi fazer uma formação de topografia, à noite, a pé pelo Seixal.

Festas e animações

Entre tanto trabalho que tenho tido e esta história de trabalhar por turnos à qual ainda não me habituei a 100%, tenho andado ocupada nas minhas festas de aniversário, na animação de batizados e em tardes de pinturas no Fórum Montijo.
Tudo junto, tem-me sobrado pouco tempo. O que vale são os sorrisos das crianças e, principalmente, a alegria do meu filho...
Aqui ficam alguns momentos para recordar!

Festa da Inês Vicente, nos Bombeiros do Seixal:




Festa da Mariana, no café Pink, no Seixal...



Casamento e batizado em Azeitão, com a Rita Catita, outra animadora, minha grande amiga e uma excelente profissional!

 
 
Batizado do Diogo, um menino da família, ao qual ofereci as pinturas faciais!