terça-feira, 14 de agosto de 2012

"Oh mamã!"

E foi com um "oh mamã" que ele me levou na certa, e se desfez em lágrimas nos meus braços. E depois adormeceu. Mas não sem antes ter mostrado que estava deveras chateado comigo - por ter ficado dois dias sem me ver? claro... - fazendo asneira atrás de asneira e fugindo de mim quando lhe tentava pegar, ou respondendo um redondíssimo "Não!" quando lhe pedia um beijo.
É que por via de eu ter saído tarde no domingo e o ter deixado mais essa noite na casa dos meus tios, ele pareceu ficar sentido comigo. Ontem presenteou-me com um "Oh mamã" que me fez quase ir às lágrimas e com uma chilreada de palavras que não entendi mas que o significado poderia bem tentar adivinhar... e não eram todas bonitas de certeza!
Depois eram quase duas da manhã saltou para a nossa cama e veio dormir o resto da noite abraçado em mim, apertando-me cada vez que eu me tentava mexer. Tão bom, sentir assim as saudades dele. Vale por tudo. Vale por hoje eu estar aqui de serviço e dormir longe dele e, já sentindo a falta dos seus abracinhos, trocar o turno de amanhã para enfim poder dormir em casa. Aqueles minutos de mimo antes de adormecer valem tudo.

1 comentário:

Mamã da Caroxinha disse...

Coitadinho sentiu saudades tuas é normal! mas a gente tem de trabalhar infelizmente e há vidas duras...
Ainda bem que já podes estar com ele, sabem tão bem os miminhos dos nossos bebés ;-)