quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Tudo o que aprendi...




“Tudo o que devo saber mesmo para viver, que fazer e como ser, aprendi-o num
Jardim Infantil.

A sabedoria
não estava no cume da mais alta montanha, no
último ano de um curso superior, mas no recreio da minha escola.
Cá estão
as coisas que aprendi:
Partilhar tudo com os companheiros.
Respeitar as
regras do Jogo.
Não bater em ninguém.
Guardar as coisas no sítio onde estavam.
Manter sempre tudo limpo.
Não mexer nas coisas dos outros.
Pedir desculpa quando se magoa alguém.
Lavar as mãos antes de comer.
Puxar o autoclismo.


Biscoitos quentes e leite frio fazem bem à
saúde.

Viver uma vida equilibrada: estudar, pensar, desenhar, pintar, cantar,
dançar, brincar, trabalhar, fazer de tudo
um pouco todos os dias.
Dormir a sesta todas as tardes. E ao sair à rua ter cuidado com o trânsito, dar a mão ao companheiro e prestar atenção à professora....”





In.: Robert Fulghum , “Tudo o que sei aprendi no Jardim infantil”

Sem comentários: