domingo, 27 de dezembro de 2009

Boas Festas

Pois é! O Natal deste ano ficará para sempre marcado pela correria paravisitar a família, que apesar de viver perto parece sempre andar a léguas uns dos outros e por uma abóbora, que no final não sei se ainda não dará uma bela sopa.
Mas que faz uma abóbora neste Natal? Pois é, por muito que se pense que as crianças são pedinchonas, querem tudo o que a vista abarca e o que de mais caro houver na loja, há uma excepção! A minha irmã este ano bateu o pé por uma abóbora! Não leva pilhas, nem dança, nem nada. Apenas uma abóbora da horta, normalíssima, rude e feia, mas que ela adorou quando desembrulhou. Sim. Porque em algumas ocasiões até podemos fazer a vontade às crianças.
Mas por outro lado, após ver a expressão dela, que ainda não percebi se era de felicidade ou de confusão, mimei-a com mais algumas prendas, mas essas não ficarão marcadas. A abóbora sim. Para o próximo ano, falaremos dessa abóbora e quando ela for mais velha havemos de gozar com toda esta situação.
E agora, porque o ano está a acabar, um bom resto de fim-de-semana, o último do ano. Gozem bem.

Elsa Filipe

Sem comentários: