quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Jean Piaget

Como tinha estruturado no início do ano, este mês pretendia ainda falar acerca de Piaget, mas alguns condicionalismos têm-me atrasado os meus planos.

Quem foi Piaget, de quem tanto já ouvimos falar?

Sir Jean William Fritz Piaget, nasceu em Neuchâtel, a 9 de agosto de 1896 e diz-se ter falecido em Genebra, a 16 de setembro de 1980, foi um epistemólogo suíço, considerado o maior expoente do estudo do desenvolvimento cognitivo.
Estudou inicialmente biologia, na Suíça, e posteriormente dedicou-se à área de Psicologia, Epistemologia e Educação. No início de sua carreira académica, Piaget interessou-se pela psicanálise. Mudou-se para Paris, França onde lecionou no colégio Grange-Aux-Belle para crianças, dirigido por Alfred Binet. Foi durante as suas funções e com os resultados destes testes que Piaget percebeu regularidades nas respostas erradas das crianças de mesma faixa etária. Esses dados permitiram o lançamento da hipótese de que o pensamento infantil é qualitativamente diferente do pensamento adulto. Em 1921, Piaget retornou à Suíça à convite do diretor do Instituto Rousseau em Genebra. Foi professor de psicologia na Universidade de Genebra de 1929 a 1954; tornando-se mundialmente reconhecido pela sua revolução epistemológica.


Durante a sua vida Piaget escreveu mais de cinquenta livros e centenas de artigos.

Através da minuciosa observação de seus filhos e principalmente de outras crianças, Piaget impulsionou a Teoria Cognitiva, onde propõe a existência de quatro estágios de desenvolvimento cognitivo no ser humano: sensório-motor, Pré-operacional (Pré-Operatório), Operatório concreto e Operatório formal.

Sem comentários: