sábado, 23 de abril de 2011

Fim-de-semana "Grande"...

Talvez para alguns, para mim é mais ao ritmo de um dia normal de trabalho, com a agravante de nos feriados a ama do meu filho não trabalhar - com todo o direito, claro está - e eu ter de andar a pedir que me tomem conta dele. O fm-de-semana grande sabe sempre bem, mas para mim este torna-se uma complicação, quando trabalhei ontem, hoje estou de serviço voluntário e segunda também trabalho. Amanhã pelo menos estou em casa o que já não é nada mau! O pai do piratinha também sofre do mesmo mal que eu, quando folga de um lado, aparecem logo horas para fazer noutro e nós aproveitamos o que podemos, claro está.

Ontem o piratinha ficou a atormentar a cabeça do pai e hoje foi para casa dos meus avós. Está lá a priminha dele por isso vai ser uma tarde de rambóia. A mim só me custa mais por causa da distância. Ser mãe e trabalhadora não é fácil... e ninguém reconhece os sacrifícios que fazemos. não falo em sacrifícios pelo meu filho - faço tudo com a maior das vontades e o maior amor que lhe posso dar - mas sim sacrifício para ir trabalhar diariamente, para organizar os horários com o pai e para que ninguém saia prejudicado. É dose!

2 comentários:

Patricia disse...

Nao deve ser facil, nao aproveitar os feriados, mas o importante e estares com o piratinha.

Mamã da Caroxinha disse...

Pois é nestas alturas enquanto uns aproveitam para passear outros aproveitam para trabalhar...Eu também só gozei o domingo e a segunda e porque me dispensaram,já que trabalhar aos feriados compensa sempre!
Custa estar sem os nossos amores mas o dinheiro também é preciso...
Já vi que vocês também aproveitam tudo o que podem para ganhar mais algum...a crise toca a todos ;-)