sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Desmame

Desde Domingo que o piratinha não mama. Pensei que ia custar mais, mas até tem estado a correr melhor do que esperava. Para ele e para mim. Tive receio de ter dores mas afinal não tive, nem sequer subidas de leite. O desmame não foi programado, foi algo que acabou por surgir naturalmente.
O Martim, devido aos meus horários e também às suas necessidades, já só mamava à noite antes de adormecer. Raramente mamava de manhã e ainda menos durante o dia. Antes era normal ele mamar e adormecer logo de seguida, mas ultimamente, mamava e ficava agitado demorando tempos infinitos para adormecer. O problema nem era esse, o pior era ele morder-me cada vez mais. Ferrava o dente e eu via-me e desejava-me para lhe abrir a boca e tirar de lá a mama. Ficava muito zangado comigo quando isso acontecia e até rejeitava vir para o meu colo depois. Desde o mês passado que isto vinha a acontecer com mais frequência e as dores a aumentarem. Pensei então que, se tinha deixado de ser uma vontade e um prazer para os dois, então não estava a haver nenhum benefício para que se continuasse.
Houve noites em que lhe dei biberão, mas a guerra era tanta que acabava por lhe dar a mama na mesma. Passava uma ou outra noite que não mamava e essas foram noites agitadas - mas percebi que o timing não era o certo, ele andava aflito dos dentes, com birras enoooormes! Agora esta semana as coisas acalmaram. Sem problemas, ele adormece sem a mama. Ontem adormeceu mesmo na caminha dele sozinho. Nós ficámos na sala a ouvi-lo a brincar e a falar com os peluches e quando o fomos ver estava a dormir. Assim espero que continue.

Sem comentários: