quinta-feira, 8 de setembro de 2011

A melodia das primeiras palavras

"O aparecimento da linguagem é entendido como um dos principais sinais de que a criança comunica de forma satisfatória com o mundo que a rodeia e de que o seu desenvolvimento intelectual se está a fazer de forma harmoniosa."(1)
Lembra-se quando sentiu o primeiro pontápé? O seu bebé ainda estava dentro da sua barriga, mas mesmo que o movimento tenha sido involuntário, você sentiu-o! O seu bebé estava ali, era real e sentir os seus movimentos era uma forma de comunicarem! Muito antes das primeiras palavras, o bebé já conversa com a mãe. O seu primeiro olhar é para ela e a ternura desse momento marcará notoriamente os dois. Mais tarde, dará o primeiro sorriso verdadeiro.

"Ainda que comecem a falar por volta dos 12 meses, a linguagem começa a desenvolver-se muito antes, praticamente desde o nascimento."(2)

Ao longo dos primeiros meses de vida, ouvirá as conversas e os sons que o rodeiam e começará a compreendê-los muito antes de ser capaz de verbalizar. As primeiras palavras só mais tarde de farão ouvir, mas entretanto o bebé conversará ainda muito com os seus papás, de outra maneira: uma forma de comunicação tanto visual como sonora, mas mais importante que tudo, uma comunicação baseada na vinculação que se foi estabelecendo.

Os brinquedos adequados para os primeiros meses de vida, são os sonoros: músicas suaves, sons de animais, canções de embalar... as histórias e os livros são também importantes, pois proporcionam momentos de partilha mãe/pai/bebé e de uma aprendizagem muito importante para o bebé: o contato com a cadência e melodia daquela que vai ser a sua língua materna.

Bibliografia:
(1) OOM, Paulo, "As primeiras palavras", Pais e Filhos, Julho de 2006;
(2) "Já disse mamã! As suas primeiras palavras", Bebé d'Hoje, Fevereiro de 2011;

Sem comentários: