segunda-feira, 20 de junho de 2011

Perde-se de sorrisos...

...quando se consegue agarrar ao sofá e pôr em pé. Depois, larga-se e se não estou atrás dele é queda na certa! Demora segundos a levantar-se e sem medo nenhum larga as mãos, mas ainda não percebeu que não sabe andar (ainda).

Quem o vê agora a dormir, tão sossegado, no tapete onde costuma brincar, nem imagina que há uma hora e tal atrás andava pela casa fora, à descoberta, da melhor asneira! Ora senão, vejamos:

- empoleirar-se no sofá e largar-se - queda na certa!!
- o bidé também é um bom sítio para se agarrar e pôr de pé - para evitar as quedas, porta da casa-de-banho fechada!
- ora, como a porta está fechada, segue e encontra a caixa dos tecidos no corredor, aproveita e espalha tudo pelo chão - até aqui tudo bem, não se magoa - o pior é quando acaba com os tecidos e resolve empoleirar-se na mesa de cabeceira que está ao lado! Será que dá queda?
- e a guitarra? E as casinhas a que ele acha tanta piada?
- ah! E ontem que descobriu que se conseguia pôr de pé mesmo por baixo da mesa da sala agarrado nas cadeiras? É só aventuras este rapaz!

E não, não vou tirar tudo do alcance dele - só algumas coisas - pois está claro que a teimosia é de família!

Agora, caiu de cansaço! De tanta volta que já deu pela casa desde que chegámos!

Sem comentários: