sábado, 13 de agosto de 2011

11 meses!

Este post vem um pouco atrasado... mas a vida é mesmo assim. O piratinha fez 11 meses no dia 6 deste mês.

Está com 8 quilinhos, alto e magricela, mas lindão (mãe babada, né?) Acho que se está a desenvolver bem e, acima de tudo, sinto que é um bebé feliz e isso é o mais importante de tudo. E o tempo passa a correr, sem dar conta já passou quase um ano desde que o tenho aqui. Mudou tanto, já não é aquele bebé pequenino que dormia no carrinho, sossegado. As roupas deixaram de lhe servir, os sapatos não cabem nos pezinhos, as mãos agora são mais ágeis e as pernas mais fortes permitem-lhe estar de pé bastante tempo e dar pequenos passos, apoiado apenas numa mão ou agarrado a algo. E quer andar em pé agarrado a tudo!

Tem mais dois dentinhos a querer aparecer, mas se for como os outros ainda vai demorar... É muito comunicativo e falador, mas dificilmente perceber-mos a sua linguagem ("Té" é Cão, "Cá" é pato (Quá-quá?), "Á-Tá" deve ser "já está" - diz sempre que acaba de comer, qaundo acabo de o vestir... e "Dá", serve para tudo, para pedir seja o que for estica a mãozinha e "dá". E normalmente resulta.

Continua a comer bem, mas agora as horas de refeição deixaram de ser calmas: quer ser ele a levar a comida à boca, mesmo que seja a sopa! Enfia as mãos na boca e tira os pedacinhos de fruta, olha bem para ver o que é e depois, volta a pôr na boca... quer fazer o mesmo com a papa, com a sopa e depois fica pronto para o enfiarmos diretamente na banheira!

Está a mostrar o seu próprio feitio e a teimosia é um dos traços que tem mais marcados. Ele tenta de todas as formas chegar àquilo que quer e não desiste. Está sempre atento, quando lhe tiramos alguma coisa e a escondemos ou trocamos de sítio para não lhe mexer, não tarda ele está lá. Teimoso a tentar mexer novamente. Ontem fechei a porta da casa-de-banho para ele não abrir a torneira do bidé - já aprendeu - e coloquei-o no quartinho dele a brincar. E, segundos depois, lá estava ele, a bater com as duas mãos na porta da casa de banho e a gritar! Uma nova aquisição cá em casa - os gritos! Não aprendeu a pedir, mas aprendeu a gritar para nos chamar e conseguir o que quer... como nem sempre o consegue, a gritaria prolonga-se. Azar...

Adora praia e não tem medo da água - mas ainda vamos com muita calma só molhar o pézito - e entretem-se a brincar com o balde e as pás, especialmente se o enchermos de água! É só chapinhar!

Sem comentários: