quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Os primeiros dentes

Já são cinco! Lindos!

Dentes de leite, dentes decíduos, dentes temporários, dentes provisórios, primeira dentição e da primeira infância. Existem vários mitos sobre o nascimento dos primeiros dentes. Dizem que dá febre, mas pode ser uma coincidência e não a causa da febre; dizem que nascem primeiro os de baixo, mas nem sempre assim acontece.

Os dentes do meu piratinha têm saído sem grandes problemas - além de muita, mesmo muita baba - sem febre e sem noites mal dormidas. Espero sinceramente que com os restantes a regra se mantenha!

O nascimento dos dentes não causa doenças nos bebés!

"Os primeiros dentes (normalmente a partir dos seis meses) costumam coincidir biologicamente com uma etapa na qual as defesas que o bebé recebeu da sua mãe após o nascimento e durante a amamentação começam a diminuir. Por isso, os pequenos são muito mais vulneráveis aos vírus e bactérias mais comuns, que são os que provocam as tosses, otites ou gastroenterites."(1)

Nem febre!

"A erupção dos dentes não provoca febre. É uma ideia muito alargada entre as mães durante gerações, mas os pediatras e dentistas negam que exista essa relação. (...) É possível que o bebé esteja a atravessar um processo infeccioso que nada tenha a ver com a dentição (...) e estes sim podem provocar febre alta. Ao subir a temperatura corporal, o metabolismo acelera e digamos que faz com que o dente que estava prestes a aparecer saia mais depressa."(1)

Os mordedores parecem ser bons amigos!

"A boca é uma fonte de exploração para os bebés: além de chupar, sugar e morder, proporciona-lhes prazer e tranquilidade, e se estão em plena dentição, com muito mais motivo. A proximar-lhes à boca algo fresquinho ou duro que possam morder à vontade ou esfregar as gengivas com fricção, não só os alivia, mas também cumpre uma função: limar pouco a pouco a pele que as cobre e onde os dentes de leite se encontram enterrados (...) vai favorecendo o aparecimento do dente." (1)

E a limpeza é importante!

Mesmo antes dos dentinhos nascerem, segundo dizem "já que deles dependem os definitivos. Isto porque os primeiros dentes estão a guardar o lugar para os permanentes que se estão a formar por baixo."(1)

E desmamar, não é necessário quando nascem os dentes!

Porque não há porque o bebé magoar a mãe, se este "estiver bem colocado no peito, com a sua boca bem aberta e muito pegada ao mamilo."(1) Se magoar, devemos dizer-lhe isso e tirá-lo da mama por uns instantes - são pequenos mas percebem a mensagem que lhes queremos transmitir.

Bibliografia:
(1) - "Primeiros dentes: verdades e mentiras", Bebé d'Hoje, nº 116;

Sem comentários: