domingo, 21 de agosto de 2011

Baba e mais baba!

Um babete... dois babetes... três... quatro... e o dia ainda não chegou ao fim! Ensopam com a baba e lá conseguimosver que andam aí mais dentes a espreitar... Quem é a mãe que não se vê aflita com tanto pingo de baba?
"Durante a dentição (ainda que não tenha saído o primeiro dente) produz-se um aumento da baba. Alguns pediatras acreditam que acontece porque esta etapa coincide com a introdução de alimentos sólidos na dieta do bebé, e a saliva é essencial para a sua ingestão. Outros asseguram que a inflamação das gengivas e a sensação de ter um corpo estranho na boca (o novo dente) faz aumentar a salivação."(1)

Esta salivação abundante é característica. Os bebés "babam" de modo excessivo. "O desconforto, a dor, ou a coceira provocados pelo estiramento das mucosas da gengiva provocam uma maior salivação. Tome cuidados especiais, secando constantemente a boca de seu bebê para evitar que a saliva irrite a pele do queixo e das bochechas."(2)

"Também há especialistas que afirmam que a partir dos 3 meses as glandulas salivares começam a amadurecer e a aumentar a sua produção. A criança não consegue tragar toda a saliva que se cria e por isso expulsa-a."(1)

É bom saber que a situação melhora por volta dos 2 anos, quando a criança já domina a arte de deglutir.

Bibliografia:
(1) - "Primeiros dentes - verdades e mentiras", Bebé d'Hoje, nº 116;
(2) - http://profissaosupermae.blogspot.com/2011/02/denticao.html

Sem comentários: