quinta-feira, 28 de julho de 2011

Apetece-me...

...ir ali e abraçá-lo. Muito, muito, muito. Senti-lo apertadinho nos meus braços, até desaparecer esta sensação.
Amo-te muito filhote do meu coração. Estarei sempre presente para ti e para onde eu for irás sempre comigo. Ninguém se intrometerá na nossa felicidade.

1 comentário:

Patricia disse...

Este teu post soa-me estranho. espero que esteja tudo bem.... Bjs nossos