sexta-feira, 29 de julho de 2011

As malditas pintas

Tenho estado em casa com o pequenino, numa espécie de férias forçadas. Está a melhorar mas demorará ainda alguns dias a ficar totalmente bem.

A varicela é contagiosa e o surto que atingiu o meu pirata veio das crianças que estão com ele na ama. Já esperava, pois mesmo que os meninos tivessem ficado em casa - como ele está agora - o contágio pode dar-se nos dias que antecedem o aparecimento dos sintomas. A doença está lá mas demora uns dias a manifestar-se. Da mesma forma ele pode ter contagiado outras crianças com as quais teve contato (a priminha por exemplo).

Qual é o período de contágio da varicela?
"O período de contágio da varicela é de cerca de dez dias (desde o dia anterior ao aparecimento da erupção até todas as vesículas estarem secas, formando crostas que já não contêm vírus vivos). Em alguns casos, em que a erupção é ligeira, este período pode ser menor, mas a legislação obriga a um período de afastamento escolar de dez dias, nas crianças em idade escolar que contraíram varicela."(1)
Ao fim de quanto tempo após o contacto com um doente com varicela aparece a doença, no caso de haver contágio?

"O tempo que decorre desde o contágio até ao aparecimento da varicela (período de incubação) é de cerca de quinze dias, podendo variar desde dez e vinte dias."(1)

Por isso, quando vemos as manchas - e eu até vi na sexta, mas só no Domingo começaram a manifestar-se em força - já houve um período prévio em que a criança era portadora do vírus e contagiou outras.

"Outra característica da erupção da varicela é a sua rápida evolução, passando as lesões da pele por várias fases num período de poucas horas. As primeiras lesões são manchas de cor rosada (máculas), que se tornam salientes (pápulas), formam pequenas bolhas com líquido transparente no centro (vesículas) que ao secarem vão formar uma crosta."(1)
"Devido à sua rápida evolução a característica mais evidente da erupção cutânea (exantema) da varicela é a coexistência dos quatro tipos de lesões (máculas, pápulas, vesículas e crostas) ao fim do primeiro ou segundo dia de doença. As lesões da varicela poupam a palma das mãos e a planta dos pés e atingem o couro cabeludo e as mucosas (garganta, órgãos genitais e conjuntiva), onde podem causar pequenas feridas dolorosas. Outra característica da varicela é causar habitualmente prurido (comichão), que pode ser intenso."

No caso do meu pirata, a planta dos pés não foi poupada. Aliás, tem entre os dedos das mãos, planta dos pés, tornozelos, sovacos, virilhas, junto aos olhos, dentro dos ouvidos... Enfim, pelo corpinho todo!

"Em relação à febre, é um sintoma variável na varicela, podendo ir de quase inexistente a febre elevada (39º - 40º), sendo a sua intensidade geralmente proporcional à extensão da erupção."(1)


Bibliografia:

(1) - http://www.medicoassistente.com/varios/varicela

Sem comentários: