quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Emergência da Escrita

O novo ano lectivo já começou, pelo menos para a maioria das crianças. Este post é para os meninos e meninas que este ano se estreiam na aventura da Escola... Primária, como se dizia no meu tempo, "dos grandes", como lhe chamam os mais novos ansiando por pertencer ao clã que admiram dos irmãos mais velhos e dos primos que já sabem ler!
Na mochila levam a vontade de conhecer amigos novos ou reencontrar antigos colegas do Jardim-de-Infância.

Mas aprender a ler e a escrever não começa no banco da escola "primária". Vem de muito antes, desde as primeiras conquistas da linguagem e das primeiras tentativas de gatafunhar! A criança de certo já escreveu as suas primeiras letras, umas vezes ao seu jeito, outras mais perfeitinhas copiando a mão do adulto. De certo já representa de forma gráfica o seu nome e já reconhece letras e palavras que vê escritas em todo o lado.

Já aqui falei anteriormente sobre a aquisição das capacidades linguísticas e da escrita. É um tema transversal a Creche e ao Jardim-de-Infância, tratando-se de um processo gradual e sequencial em que a Criança vai adquirindo as capacidades que lhe permitem aprender mais tarde a ler e escrever.

"Neste processo emergente de aprendizagem da escrita, as primeiras imitações que a criança faz do código escrito vão-se tornando progressivamente mais próximas do modelo, podendo notar-se tentativas de imitação de letras e até a diferenciação de sílabas. Começando a perceber as normas da codificação escrita, a criança vai desejar reproduzir algumas palavras. Por exemplo aprender a escrever o seu nome, que tem um sentido afectivo para a criança e lhe permite fazer comparações entre letras que se repetam noutras palavras, o nome dos companheiros, o que o educador escreve. "
Orientações Curriculares


Pois é, a escrita "emerge" do dia-a-dia, sem que as próprias crianças se apercebam que estão a aprender e muitas vezes sem que os pais se apercebam dessas aquisições, a não ser quando finalmente vêem a criança a pegar num lápis e a escrever correctamente o seu nome no canto do desenho que acabou de fazer.

Sem comentários: