sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Vinho nos lanches escolares!

Ora algo que não me tinha apercebido, mas que merece uma reflexão - perdoe-me a Bárbara Wong (http://educaremportugues.blogspot.com/) por lhe roubar este excerto da postagem... as minhas desculpas - pois parece que o vinho é mais importante no nosso país do que o leitinho para os nossos filhos levarem na mochila para lanchar!

O IVA: a ideia de se taxar a 23 por cento bens que para muitas famílias são essenciais (não na minha, mas eu sou solidária) como os leites achocolatados, aromatizados, vitaminados e enriquecidos, as bebidas e sobremesas lácteas, os sumos e néctares de frutos; para não falar das latas de grão, ervilhas, pêssego, ananás e salsichas, etc... (essas já entram em minha casa). E o vinho mantém-se nos 13 por cento. Sim, leite com chocolate e sumos naturais a 23, mas vinho a 13 porque, mais uma frase estafada, - dá de comer a muitos portugueses...



Nem queria acreditar nisto quando li, mas é mesmo verdade. Já o IVA a 23% me chateia imensamente e me deixa ainda mais fula, agora que o vinho seja taxado a 13% isso sim ainda me faz passar mais. Sim, sou contra os bêbados e tudo o que se associa aos excessos de consumo de álcool. Sou contra as pessoas que pagam "um copo" ou "uma mine" a uns amigos, mas que não se lembram de lhes perguntar: "É pá! Queres levar uns pacotes de leite para os putos lancharem? Eu pago." E olhem que conheço alguns casos de "bons" pais que bebem um café e um digestivo, ou passam a tarde de garrafa de cerveja na mão - para matar a sede (???) - mas cujos filhos andam mal nutridos e mal vestidos e que sobrevivem com a ajuda dos subsídios sociais e do apoio de familiares.

Mais um desabafo... Hoje estou em dia não!

Sem comentários: