quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Cesariana: recuperar de uma intervenção cirúrgica

Aqui ficam mais algumas informações sobre as Cesarianas, porque acho que é importante pesquisar para tirar dúvidas. Até porque só ao sabermos algumas coisas sobre determinado assunto, é que podemos colocar perguntas fundamentadas, não acham?

Se a Cesariana é uma intervenção cirúrgica simples, isso não significa que não implique riscos e que não necessite de um período de pós-operatório, antes deve ser levada a sério, com cuidados e atenções redobradas tanto para a mamã como para o recém.nascido. Ambos passaram por este processo e terão de ter o seu tempo de recuperação.

"Hoje em dia, a cesariana é uma das operações mais seguras, no campo da obstetrícia."(1)No entanto, tal como já referi, não deixa de ser uma cirurgia e necessita de um período de recuperação normalmente superior ao parto vaginal.

Para maior tranquilidade, "fale com o seu médico sobre a cesariana. Averigúe qual é a frequência de operações que tem o seu obstetra e em que instituição nascerá o seu filho. Analise os riscos e as vantagens de uma hipotética cesariana. Todas estas respostas seguramente lhe darão tranquilidade na hora de aceitar a indicação. Focalize a sua atenção no nascimento do seu filho e não tanto na forma de terminar o parto. Aceite que você não pode controlar tudo, e – o mais importante – não interprete a cesariana como um fracasso."(2)

"Se a evolução pós-operatória é boa, o internamento não deve prolongar-se mais de três dias."(2), Mas tamém poderá permanecer no Hospital entre 5 a 8 dias, dependendo de como evoluir a sua recuperação. Deverá começar a mexer-se o quanto antes, desde que o médico não o desaconselhe. "Quando se levantar, procure caminhar erguida mesmo que seja doloroso. Desta forma, conseguirá activar a circulação sanguínea, que é a melhor maneira de prevenir problemas vasculares e estimular a motilidade intestinal, evitando a obstipação."(1)

Há quem afirme que, "depois da operação, a mãe pode começar a ingerir líquidos após duas ou três horas, e nas 24 horas (ou antes, segundo o critério do obstetra) poderá começar com uma dieta leve. Assim, tentar-se-á que se levante rapidamente com uma faixa elástica, e também poderá tomar um duche."(2) Mas outras opiniões afirmam que apenas poderá começar a beber água nas 12 horas após a cirurgia e "um dia após a intervenção, começará com uma dieta mole, à base de purés, iogurte ou flocos; ao terceiro dia, é possível que já esteja a ingerir uma refeição normal."(1) Deve depender de Hospital para Hospital e até de caso para caso. A força de vontade também deve contar muito, penso eu.

"O tempo de recuperação depende muito do tipo de incisão e da forma de coser do cirurgião. Sentirá repuxar bastante dias e a ferida não estará totalmente cicatrizada senão passados dois meses."(1)

Quanto a amamentar, poderá fazê-lo "embora a subida do leite se produza umas horas mais tarde" do que aconteceria no parto vaginal. "Deverá avisar o médico da sua intensão de dar de mamar, para que ele estabeleça o tratamento adequado, quanto à administração de analgésicos."

Estas foram algumas das respostas que eu encontrei acerca da recuperação de uma Cesariana. Não me parece muito diferente do pós-operatório de qualquer intervenção cirúrgica, salvo a existência de um bebé no meio de todo este processo que necessita de toda a atenção da mamã e, claro, de uma mamã muito ansiosa por poder estar em casa com o novo membro da família e que deseja que tudo corra pelo melhor.

Se tiverem outras experiências nesta área ou quiserem colocar alguma questão/comentário, não se façam rogados/as. Terei todo o prazer em as ler e responder da melhor forma que souber. A cada dia que passa estou a aprender coisas novas e o que me estimula a isso são as vossas visitas e comentários.




Bibliografia:

(1)-"Cesariana: outra forma de vir ao mundo", Anuário 2004, Superbebés;
(2)-http://familia.sapo.pt/gravidez/parto/mae_ideal/825167.html;

Sem comentários: